Início > EaD, Internet, mobile learning > Gerações, tecnologias e mídias: Conflitos e convergências

Gerações, tecnologias e mídias: Conflitos e convergências

Ola tchurma do #eadsunday,  do #plenk2010, do tuite, do facebook, do real e do virtual. Em meu último post aqui neste espaço, comentei do curso sobre PLE que estava rolando e da dificuldade de acompanhar a quantidade de interações que ocorriam no espaço do curso e nos espaços individuais de centenas de participantes. Pois bem, era muita anarquia para este ser anarquico e acabei passando de aprendiz a observador.

E todo este bla bla bla introdutório para escrever sobre dois eventos que tive a oportunidade de assistir esta semana: o mediaon 2010,  e o painel sobre a geração Y do expomanagement 2010. Ambos aconteceram em São Paulo onde, apesar de alguns discordarem, o Brasil acontece, e o que foi melhor,  sem transito caótico e sem ser atropelado na calçada por outros viventes, uma vez que os eventos foram via web e gratuitos. o mediaon 2010 inclusive esta disponibilizando todos os vídeos com as apresentações/palestras.

Os dois eventos tiveram como foco as novas gerações, chamadas de Y, Z (zapeando) e outras que ainda virão nos próximos anos e décadas (e que continuaram a ser codificadas/classificadas achemos ou não esta classificação desnecessária ou classificatória ao inves de formativa/avaliativa). E o interessante destes dois eventos foi que a forma com que estes dois segmentos, o jornalismo/comunicação no mídiaon, e a gestão no expomanagement,  lidam com estes novos atores digitais poderiam ser aplicados (e algumas idéias já estão sendo tímida e  individualmente aplicadas) na educação e na EaD.

Alguns excertos interessantes das diversas falas ouvidas entre inúmeros outros insigths interessantes recebidos:

  1. considerar a  mobilidade e a colaboração são imprescindíveis em qualquer ação que busque atingir este novo público.
  2. existe uma preocupação latente nas empresas em não saber lidar com estas novas pessoinhas que chegam ao mercado de trabalho
    – tem que buscar o dialogo
    – tem que mudar o relacionamento
    – chefia, gerencia devem ser substituidas por coaching
  3. geração com “crise de referência” versus “empresa lidar com novas referências”
  4. para esta geração o conteúdo é mais importante que a fonte e a experiência mais significativa que o discurso
  5. tecnologias podem ser restritivas ou inovativas, depende de como as vemos e usamos (pessimistas ou otimistas)
  6. mudança em variáveis de consumo
    – tempo passou de abundante a escasso
    – informação passou de escassa a abundante
  7. quem conhece a audiência é o produtor do conteúdo e não mais o desenvolvedor do produto ou serviço
  8. Audiência é o conteúdo, a mídia, o canal

Como já frisei anteriormente, apesar de os eventos não serem sobre educação eles tem tudo a ver com educação. Então convido os colegas a exercitarem este tudo a ver analisando cada um desses 8 itens acima (e acessando os links sobre os eventos) e estabelecendo paralelos com nossa atuação enquanto educadores e aprendizes.  Aceitam o convite?

E sobre aquele primeiro parágrafo, lá em cima, oquéqui ele tem a ver com estes dois eventos? Bem …, minha desmoralização como um educador transgerações, tem que ser muito YZ para poder acompanhar um curso destes.

Até mais, nos vemos por ai nos domingos da vida!

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: